CHILE

CHILE

Os vários restos encontrados na zona falam que o Chile é um país que já era habitada cerca de 10000 anos antes de Cristo. No Paleolítico. Depois damos um salto na história deste país ao Chile pré- hispânico, para posteriormente chegar aos tempos atuais onde existem vários nomes e épocas de se destacam na sua história.

Chile

 

O Chile é um país que acolheu tribos de aimarás, atacamenhos, diaguitas, todos eles na época do Século XII e XIII aproximadamente, depois se estabeleceram diferentes culturas, como a agrícola, influenciada pelo Império Inca. Depois, chegaram os Mapuches, e nas zonas mais austrais estabeleceram-se colônias indígenas como a dos yámanas.

Na Ilha de Páscoa, por exemplo, chama à atençao a cultura polinésia que se encontrou uma cultura hoje em dia extinta.

GASTRONOMIA

A culinária do Chile é uma mistura de vários alimentos que os colonos trouxeram de seus países, são usados diferentes ingredientes como carne, frutos do mar, formando uma mistura variada conquistando todos que procuram conhecer a culinária local, a influência da culinária europeia está muito presente.

O grande triunfo da culinária chilena é se basear na culinária espanhola, entre os ingredientes principais e populares, podemos citar o pastel de cholo, feito de milho. A costa marítima é outro álibi dessa culinária, peixes, e frutos do mar fazem parte do cardápio. Na costa existe a produção de frutos do mar, peixes e crustáceos, alguns dos frutos do mar são considerados os melhores do mundo, como o caso do marisco da região. Ensopados e empanadas também estão na lista dos alimentos mais consumidos.

Os chilenos adoram bebidas, principalmente o vinho, que está presente tanto no almoço quanto no jantar, os vinhos fabricados pelo Chile têm fama fora do país também, eles consomem muito vinho assim como os brasileiros consomem a caipirinha e a água, a bebida tradicional da região é o Pisco que seria um licor preparado com suco de limão, açúcar e clara de ovo.

CULTURA

Na cultura chilena se deve enfatizar o rodeio, atividade muito importante neste país, e assim como também as tradições do país, que variam dependendo da localização geográfica, bem como étnica. As tradições rurais do campo, a cultura huasa, a cultura mapuche, a identidade pessoal e própria da Ilha de Páscoa, o regionalismo da zona de Magallanes tudo forma parte da sua cultura, embora se devam destacar os ares polinésios que viajam para a Ilha da Páscoa.

ECONOMIA

A economia do Chile destaca-se na América do Sul por uma liberalização econômica durante as décadas de 1990 e 2000. Durante as décadas de 1970 e 1980 foi caracterizado por uma elevada e persistente hiperinflação. Entre 1972 e 1987, a taxa média de inflação foi de 802%.6 Entretanto, a crise internacional a afetou fortemente: Em 2012 houve um déficit em conta corrente equivalente a 2,6% do PIB, quase o dobro do ano anterior.

A produção industrial chilena engloba os ramos produtivos do vinho, hortaliça e maçãs. Não conseguiu um nível de produção industrial com valor agregado. Carece de diversificação de produtos e por isso se concentra no cobre. Tem recursos energéticos muito limitados, o que tem sido um fator chave para o baixo crescimento econômico nos últimos anos. O país depende inteiramente de gás e petróleo estrangeiro, o que o torna muito vulnerável à variação dos preços internacionais e da disponibilidade desses recursos no mercado externo. O preço do diesel é o segundo mais alto da América do Sul. Produzir eletricidade no Chile custa 400% a mais do que na Argentina e quase o dobro do que na Colômbia, Peru e Brasil, tornando-a a mais cara da América Latina. O cobre responde por metade das suas exportações.10 também exporta cerejas e mirtilos.

Dados Gerais

Fuso horário:

Moeda: Peso chileno

Idioma: Lingua castelhana

População: 17 661 659

Capital: Santiago