LA PAZ

LA PAZ – BOLIVIA

Umas das principais cidades do país. Em La Paz você encontrara uma rica vida cultural, importantes museus, igrejas, mercados e muitas outras atividades.

La Paz Bolivia

 

La Paz Bolívia oferece muitos atrativos turísticos dentro da cidade como:

Plaza de Murillo

Seu nome é em homenagem a Pedro Domingos Murillo, patriota boliviano e precursor da independência do país. É principal espaço publico da cidade de La Paz. Ali se localiza o Palácio Quemado, sede do governo boliviano, além do parlamento da Bolívia e da catedral da cidade.

Mercado das Bruxas

Também conhecido como mercado da hechiceria é um dos pontos turísticos mais visitados de La Paz. Ali se são vendidos feitiçarias indígenas, alem de ponchos e roupas feitas de alpaca, alem de tecidos coloridos, objetos de prata, cerâmica, artesanato e uma imensidão de ervas, pó mágico e ate sapos disssecados.

Valle de la Luna

Recebe esse nome devido às formações rochosas aparentarem o solo da lua. O solo do lugar é curioso, pois não é solido e sim argiloso encantando os turistas. Alem de favorecer uma maravilhosa vista, pode- se apreciar as apresentações de alguns dos artesãos que se instalaram por ali.

Catedral Metropolitana

O visitante terá a oportunidade de apreciar o altar que conserva uma parte original de prata lavrada da missão jesuíta em San Pedro de Moxos. É um atrativo histórico de grande importância construído em 1770. O velho tempo foi remodelado como uma igreja de estilo eclético e conta com uma abóboda construída em madeira com bela decoração pictórica.

Museu da Coca

Exibe informações importantes sobre a folha de coca e o seu uso no dia a dia, nos medicamentos e para aliviar os efeitos da altitude. O museu traz textos e imagens sobre as propriedades terapêuticas e nutricionais da folha de coca. O café do museu oferece um cardápio com uma variedade de comidas e bebidas que usam a coca como um dos ingredientes.

Museu Nacional da Arte

Seu pátio interno é uma obra prima da arquitetura barroca pacenha, e seu acervo apresentam esculturas e pinturas de artistas internacionais e bolivianos de renome, abrangendo a arte desde o período colonial ate a época contemporânea.

Fora da cidade temos os seguintes atrativos:

Madidi

O Parque Nacional e Área Natural de Gestão Integrada Madidi, é um destino de incomparável beleza natural onde 3.235 espécies de animais convivem em perfeita harmonia com o ser humano.

Algumas das espécies aquáticas que podem se observar são as piranhas, as arraias da água doce e em alguns setores o golfinho cor de rosa da água doce. A pampa é muito vistosa pela quantidade de repteis e fauna que se chega a observar. Localiza-se 105 km ao norte de Rurrenabaque.

Tiahuanaco o Tiwanaku

Localiza-se a 72 km. da cidade de La Paz. É uma monumental estrutura lítica pré-hispânica onde se destacam a Porta do sol; que é um dos mais impressionantes monumentos incaicos. É conhecida em todo o mundo como um exemplo de alto grau de perfeição alcançada pela cultura pré-colombiana na America do Sul, tanto por seu belo aspecto artístico como pela simbologia contida em seu belo aspecto artístico e o templo de Kalasasaya ou “Templo das pedras paradas”. No interior acham-se o Monólito Ponce, O Fraile, A Porta do Sol, Putuni (onde há ocos). É conhecido como o “Palácio dos Sarcófagos” e Khery Qala. Ao oeste e nordeste destas ruínas se encontra um portão de andesita (rocha vulcânica) conhecido como a Porta da Lua.

Lago Titikaka

Encontra-se localizado no Departamento de La Paz, a três horas de ônibus da cidade capital do mesmo nome. Conhecido como “Lago Sagrado dos Incas”, o lago Titicaca é a superfície navegável mais alta do mundo (3 810 m.s.n.m.), com uma superfície total de 8 400 km2. É compartilhado entre as Repúblicas do Peru e da Bolívia.

Divide-se em duas bacias: O Lago Maior do Titicaca ou Lago Chucuito, moldurado numa paisagem de picos nevados e alimentado pelo desgelo da cordilheira. Suas ilhas salpicadas de restos arqueológicos são o testemunho do domínio que exerceram as civilizações aymaras.

Ilha do Sol

É uma ilha sagrada para os Incas, onde se encontravam os santuários das “vírgenes del sol”, dedicado ao Deus Sol. A ilha atualmente é povoada por indígenas de origem quechua e aymara, dedicados ao artesanato e ao pastoreio, principalmente de gado ovino. Possui monumentos pré colombianos importantes tais como o Palácio de Pilcocaina, a Chinkana ou Laberinto, a Escalinata do Inka, Fonte da Juventude e os terraços de Cultivos pré colombianos.